Pinturas

Descrição da pintura de Nikolai Krymov “Tarusa”

Descrição da pintura de Nikolai Krymov “Tarusa”


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Tarusa ocupou um lugar realmente especial no trabalho do artista. Ele vinha aqui todo verão. Krymov percebeu essa paisagem exatamente como deveria ter sido percebida. Coroas de árvores redondas, copas e campos, uma pequena cidade com ruas estreitas. Essas pinturas eram tradicionais para a Rússia central.

Diante de nós está uma das personificações vivas de tal paisagem. Em primeiro plano, vemos grama. A cor dela é especial. A combinação de tons de verde, amarelo e marrom é realmente incrível.

O artista consegue registrar cada folha de grama. No meio do caminho, vemos casas cercadas por cercas. Ao lado deles estão árvores frondosas. O artista deliberadamente não prescreve os detalhes de cada casa. Vemos principalmente apenas telhados triangulares de madeira.

À distância, você ainda pode ver o mesmo campo. E no horizonte se estende uma faixa de floresta. O céu está bastante cinza. É completamente coberto por nuvens espessas. Mas isso não cria um clima sombrio entre a platéia. A pintura está repleta de tons de verde e marrom. É como se de dentro estivesse bêbado com luz e sol.

O artista consegue ver a beleza de uma paisagem completamente normal, à primeira vista. Ele não apenas o descreve, mas também transmite sua atitude em relação a essa imagem. Sentimos que o pintor não apenas ama Tarusa, mas também a admira de verdade.

Esta cidade atraiu Krymov por um motivo. Muito perto estava a propriedade do famoso artista Polenov. Seu artista favorito Borisov-Musatov foi enterrado aqui. Por isso ele veio aqui não apenas no verão, mas também no inverno.

Krymov transmite seu amor incomum pela natureza de sua terra natal. Sua criação nos permite sentir a proximidade natural do artista a essa beleza tranquila. Também entendemos que aqui o pintor pode se sentir verdadeiramente livre. Krymov cria uma imagem incrivelmente poética dessa cidade.





Diskobol Miron


Assista o vídeo: Pintor: Cândido Portinari - Quintal da Cultura - 161013 (Junho 2022).


Comentários:

  1. Unai

    E não acontece)))))

  2. Baldric

    Eu confirmo. Foi e comigo. Vamos discutir esta pergunta.

  3. Voodoorr

    Bravo, sua ideia simplesmente excelente

  4. Diomedes

    Eu penso que eles estão errados. Escreva para mim em PM, fale.

  5. Toro

    É interessante. Por favor, diga-me - onde posso encontrar mais informações sobre este assunto?

  6. Lambert

    Excelente ideia, eu mantenho.



Escreve uma mensagem